Notícias

COVID-19: COMUNICADO URGENTE DA PREFEITURA DE SANTA LUZIA DO ITANHI

Em virtude da propagação do COVID-19 (Coronavírus), a Prefeitura de Santa Luzia do Itanhi decretou emergência em saúde pública em todo município, regulamentando medidas para o enfrentamento da pandemia.

Diante disso, solicitamos a colaboração de toda população:

Evitem aglomerações. Evitem sair de casa. Adotem hábitos de Higiene Constante. Evitem contato físico ao cumprimentar pessoas.

Precisamos que cada um faça a sua parte, mas para isso, a prefeitura adotou algumas medidas:

O funcionamento das Secretarias serão limitados nos próximos 07 (sete) dias as demandas internas, podendo os responsáveis por cada pasta definir prazos e protocolos no atendimento de qualquer solicitação do público externo, exceto os Fundos Municipais de Saúde e Assistência e a Secretária Municipal de Infraestrutura.

Os Secretários deverão estabelecer um revezamento para o cumprimento das atividades dentre os servidores que não se enquadrem no grupo de risco, preferencialmente das 07h às 13h, podendo o (s) Secretário (s) adotar medidas que forem necessárias para o funcionamento de cada setor.

Fazem parte do grupo de risco: Servidores maiores de sessenta anos, portadores de doenças crônicas, gestantes, mães de crianças com deficiência ou doenças congênitas, ou ainda que tenha mantido contato direto com pessoas que vieram de zona internacional e/ou estados em que haja transmissão comunitária, estão liberados das atividades funcionais, no período em tela, sem qualquer prejuízos.

Os departamentos devem preservar o quantitativo reduzido de dois a três servidores por escala diária, a fim de garantir a continuidade dos serviços essenciais, diante da situação de emergência em saúde pública.

Os atendimentos na Secretaria de Saúde serão restritos a casos de urgência, principalmente aos que apresentarem sintomas respiratórios e grupos de risco. Devendo evitar a ida a Unidade Básica de Saúde em vão.

Pessoas que viajaram para fora do Estado, principalmente para áreas de riscos, devem permanecer em isolamento por 14 dias e comunicar a Secretaria de Saúde, mesmo que não apresentem qualquer sintomas.

*Esse é o momento de prevenir contra o COVID-19.*

*Saúde é responsabilidade de todos.*

ASCOM